Algodão Orgânico 

Cultivado sem a utilização de agrotóxicos e/ou pesticidas, a produção de algodão orgânico é feita de acordo com os princípios da agricultura orgânica, eliminando a possibilidade de que danos possam ser causados ao solo, ao meio ambiente e, principalmente, à saúde humana. 

Enquanto lavouras convencionais de algodão são as maiores consumidoras de agrotóxicos no mundo - sendo extremamente agressivas a nível de flora, fauna e à própria saúde dos agricultores - nas lavouras de algodão orgânico a utilização e a necessidade de fertilizantes sintéticos é inexistente. Seu cultivo é realizado através do sistema de rotação de culturas (alternação da área de cultivo com outra espécie, a fim de evitar o esgotamento dos nutrientes do solo), reduzindo assim o consumo de água e preservando a saúde do solo.

O uso de pesticidas também é descartado, pois o controle de pragas é efetuado através do método de "Luta Biológica", umas das formas de controle natural utilizadas na Agricultura Orgânica. Na Luta Biológica as pragas são combatidas a partir da introdução de espécies predatórias benéficas ou através do plantio de uma espécie vegetal que seja mais "atrativa" como alimento. Ervas daninhas são retiradas manualmente.

 

Para que todas essas atividades sejam realizadas emprega-se um maior número de mão de obra, gerando mais vagas de emprego e permitindo assim uma melhor capacitação dos trabalhadores envolvidos. Em sua grande maioria são cultivos considerados "Fair Trade", termo utilizado para designar produções e formas de comércios justas, onde exista uma correta valorização econômica da mão de obra, bem como adequadas condições de trabalho para os trabalhadores.

Os tecidos de algodão orgânico utilizados na nossa produção possuem certificação GOTS, a normativa de certificação de têxteis produzidos a partir de fibras orgânicas mais importante a nível mundial. A "Global Organic Textile Standard" é uma normativa criteriosa de alto nível de exigência no establecimento de padrões ambientais e sociais ao longo de toda a cadeia de abastecimento e distribuição de têxteis orgânicos.